Business Journal http://www.cognitionis.inf.br/index.php/businessjournal <p><strong>Business Journal</strong> (ISSN 2674-6433) é uma publicação científica internacional em língua portuguesa, inglesa ou espanhola, que tem por objetivo promover discussões, disseminar idéias e divulgar resultados de pesquisas (com enfoques locais, regionais e nacionais) relacionados à administração, e temáticas relacionadas. <strong>QUALIS (2017-2020) Referência B3</strong>. </p> pt-BR <p>A <strong>CBPC - Companhia Brasileira de Produção Científica (CNPJ: 11.221.422/0001-03)</strong> deterá os direitos materiais dos trabalhos publicados. Os direitos referem-se à publicação do trabalho em qualquer parte do mundo, incluindo os direitos às renovações, expansões e disseminações da contribuição, bem como outros direitos subsidiários. Todos os trabalhos publicados eletronicamente poderão posteriormente ser publicados em coletâneas impressas sob coordenação desta empresa e/ou seus parceiros. Os (as) autores (as) preservam os direitos autorais, mas não têm permissão para a publicação da contribuição em outro meio, impresso ou digital, em português ou em tradução.</p> carlos.eduardo@cbpciencia.com.br (Prof. Carlos Eduardo Silva) contato@cbpciencia.com.br (Serviço de Atendimento ao Cliente) Tue, 31 Oct 2023 00:00:00 +0000 OJS 3.3.0.8 http://blogs.law.harvard.edu/tech/rss 60 O efeito do cashback na decisão de compra no e-commerce: um estudo com o público universitário http://www.cognitionis.inf.br/index.php/businessjournal/article/view/243 <p><span style="font-weight: 400;">Com a crescente popularidade do comércio eletrônico e a familiaridade dos jovens com a tecnologia, o cashback vem sendo um fator influente na tomada de decisão de compra. Para tanto, o estudo teve como objetivo compreender a importância do cashback na escolha de compra dos universitários de uma instituição de ensino localizada no interior de Minas Gerais. A pesquisa teve cunho quantitativo descritivo, e a coleta de dados foi executada por meio de questionário online, aplicado em amostra não probabilística por acessibilidade. A análise foi conduzida utilizando o software estatístico Jamovi, na versão 1.6.23 estável. Além disso, foram consideradas apenas as respostas dos participantes que se identificaram como consumidores de comércio eletrônico e demonstraram conhecimento sobre o conceito de cashback. Foram coletadas respostas de 147 participantes na pesquisa, dos quais 71 (48,3%) relataram utilizar o cashback, enquanto 76 (51,7%) afirmaram não utilizar esse recurso. O grupo dos que utilizam o cashback foi analisado com o objetivo de compreender seus objetivos e motivações, enquanto o grupo dos que não utilizam o cashback foi investigado para compreender seu perfil, comportamento de compra e os motivos que os levam a não aderir a essa prática. Essas informações visam permitir o desenvolvimento de estratégias direcionadas a cada grupo, a fim de atingir seus respectivos interesses e melhorar as estratégias existentes. Por fim, o estudo se mostrou relevante para que as organizações possam analisar diversas informações no contexto do comércio eletrônico. Entre essas informações, destacam-se: a identificação das categorias de produtos mais populares nas compras online, quais são os fatores mais importantes levados em consideração pelos consumidores no momento da compra, avaliação da frequência de uso do cashback nas transações de e-commerce, compreender as porcentagens de cashback oferecidas pelas empresas, identificar os cartões de crédito mais utilizados nessa estratégia e explorar quais são os aspectos que desagradam os consumidores nessas estratégias. Dessa forma, o estudo contribui para o desenvolvimento de estratégias de mercado mais eficazes, visando aprimorar o desempenho competitivo no e-commerce.</span></p> Lorrayne Pessi, Karoline Morais Silva, André Caetano Pereira, Alexandre Costa Oliveira, Vitória Sousa Neves Penido, Giovanna Bertolin Stelmo da Silva Copyright (c) 2024 Business Journal https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 http://www.cognitionis.inf.br/index.php/businessjournal/article/view/243 Wed, 24 Jan 2024 00:00:00 +0000 A importância do marketing digital na engenharia civil http://www.cognitionis.inf.br/index.php/businessjournal/article/view/244 <p>A tecnologia da informação tem crescido de forma exponencial nos últimos tempos; a internet adquiriu uma capacidade incrível de transmitir uma grande quantidade de informações em uma pequena parcela de tempo a milhões de pessoas. A forma com que essas informações se propagam evolui de modo tão ágil que somente a disseminação dessas informações não é mais o suficiente; surge, então, o termo “marketing digital”. Um termo usado para caracterizar as estratégias e as formas de chamar atenção do público (ou futuro cliente, no caso das empresas). Por isso, é necessário estudar estratégias modernas que permitem a fácil captação das pessoas. Logo, o principal intuito deste projeto de pesquisa consistiu em avaliar os impactos do marketing digital no branding de uma empresa do setor de serviços de engenharia, considerando a importância dos conceitos de gestão de marca em conjunto com o marketing online. Nesse sentido, a empresa Rio Construção participou de um projeto em que foram utilizados meios de comunicação em massa (principalmente WhatsApp e Instagram) para impulsionar seus negócios. Com isso, constatou-se que a empresa obteve resultados satisfatórios na divulgação de seus trabalhos (visibilidade) e a interação com seus clientes.</p> Ernandes Pereira dos Santos, Diogo Luiz Quixabeira Camargo Copyright (c) 2024 Business Journal https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 http://www.cognitionis.inf.br/index.php/businessjournal/article/view/244 Wed, 24 Jan 2024 00:00:00 +0000 Teletrabalho no serviço público: revisão bibliográfica para verificar as vantagens e desvantagens desta modalidade laboral http://www.cognitionis.inf.br/index.php/businessjournal/article/view/247 <p>Impulsionado pelos avanços nas tecnologias da informação e comunicação (TICs), o teletrabalho emerge como alternativa viável a fim de alcançar maior produtividade e eficiência na administração pública. Desta forma, este estudo bibliográfico objetivou verificar as vantagens e desvantagens desta modalidade laboral no serviço público brasileiro. De cunho exploratório, a pesquisa adotou a abordagem qualitativa dos dados obtidos na revisão da literatura realizada nos artigos científicos publicados no brasil. Os resultados apontaram vantagens e desvantagens na adoção do teletrabalho no serviço público, dentre as vantagens pode ser destacado: aumento na produtividade, redução de custos para a administração e para os servidores, melhor qualidade de vida do teletrabalhador, maior convívio com a família, redução de estresse devido a maior comodidade, dentre outras. As desvantagens apontadas nos estudos estão relacionadas com o sentimento de pertencimento excessivo à instituição e a limitação à socialização, interação e integração com os colegas de trabalho. Conclui-se com os resultados da pesquisa que há uma necessidade de ajustes, tanto das instituições públicas quanto dos servidores, no que tange ao alinhamento de interesses organizacionais e pessoais. Diante da relevância deste tema para a administração pública brasileira, destaca-se a importância de estudos que tratam da inserção do teletrabalho no serviço público a fim de serem implantadas novas estratégias organizacionais para a maximização dos resultados na prestação de serviços a sociedade.</p> Euceir Henrique Roos, Rosália Maria Passos da Silva Copyright (c) 2024 Business Journal https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 http://www.cognitionis.inf.br/index.php/businessjournal/article/view/247 Wed, 24 Jan 2024 00:00:00 +0000